a

Facebook

Twitter

Copyright 2015 Libero Themes.
All Rights Reserved.
Ultimas noticias mas importantes de hoy - 24h > Países  > BRASIL AMEAÇA A CHINA AO INGRESSA NA OTAN

BRASIL AMEAÇA A CHINA AO INGRESSA NA OTAN

BRASIL AMEAÇA A CHINA AO INGRESSA NA OTAN

Para EUA, Brasil deve trabalhar com Otan
Embaixador indica que brasileiros podem liderar acordo na região
86

Ruth Costas, O Estadao de S.Paulo

25 Agosto 2007 | 04h00

Os EUA querem que o Brasil faça uma parceria com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e ajude a convencer outros países da América do Sul a cooperarem com essa aliança. A sugestão foi feita ontem pelo embaixador americano em Brasília, Clifford Sobel, numa palestra na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em São Paulo. O embaixador falou da importância da ampliação da atuação da Otan para além das fronteiras dos EUA e da Europa por meio de alianças com outros países e citou a América do Sul como uma das regiões nas quais a organização teria interesse. “Considerando a experiência do Brasil em fornecer ajuda a outros países em questões de segurança, talvez ele possa abrir caminho na América do Sul para que outras nações com interesses semelhantes determinem como trabalhar com a Otan”, afirmou Sobel. Segundo o embaixador, o Brasil poderia seguir o exemplo do Japão e da Austrália, que possuem uma estreita parceria com a Otan, ou entrar no Programa de Parcerias para a Paz, no qual os países assinam acordos pontuais com a organização. Ele não quis opinar sobre como seria esse acordo no caso do Brasil, mas no discurso lembrou as áreas de atuação da Otan hoje: resposta a desastres, combate ao terrorismo, intercâmbio científico e – de longe a mais destacada – ações militares dentro e fora da Europa. O ex-embaixador Sérgio Amaral, que abriu a palestra de Sobel, confirmou que uma parceria com a Otan, em última instância, poderia permitir que a organização – que interferiu no conflito dos Bálcãs e está à frente da missão no Afeganistão – atuasse em conflitos na América do Sul. Num momento em que os EUA estão preocupados com a influência do líder venezuelano Hugo Chávez na região, é difícil não pensar que o eixo antiamericano formado por Venezuela, Bolívia, Equador e Cuba não tenha sido uma das motivações da proposta. Segundo uma fonte diplomática ouvida pelo Estado, a iniciativa também assinala um caminho para resolver o que hoje é um grande problema para os EUA: como lidar com a questão da segurança em outras regiões, num momento em que o Exército americano está tão desgastado pelas guerras no Oriente Médio. A resposta seriam alianças estratégicas da Otan com países que “têm os mesmos interesses”. “Isso não é colocar em questão o papel da ONU”, disse Sobel, explicando que os países atuariam com mandato das Nações Unidas. Ele defendeu ainda a retomada do diálogo sobre acordos de comércio no hemisfério – assunto que esfriou no Brasil depois que o governo Lula ajudou Chávez a enterrara Alca. Sobel citou o exemplo da integração dos EUA com o Canadá e o México e sugeriu um acordo similar com os países do sul: “Podemos e devemos ter políticas similares entre a América do Norte e a do Sul. Não se trata de ideologia. Trata-se de obter resultados.”

20 Comments

  • Antonio Ribeiro
    Responder noviembre 7, 2018 at 4:17 pm

    Se China sair daí começam a pedir esmola.

  • Joseeblingsilverao Ebling Silveira
    Responder noviembre 7, 2018 at 4:32 pm

    O NOSSO PRESIDENTE BOLSONARO TEM QUÊ CORTAR OS LAÇOS COM PAISES COMUNISTAS E SE ALIAR AOS EUA E A OTAN,DEUS SALVE A AMÉRICA QUÊ A ÁGUIA BRANCA CONTINUE A VOAR SOBERANA E IMBATÍVEL

  • recifetiburon
    Responder noviembre 7, 2018 at 4:44 pm

    China econômia forte alto poder bélico alta tecnologia e o Brasil população desempregada sem saneamento básico etc…

  • recifetiburon
    Responder noviembre 7, 2018 at 5:11 pm

    Pobre Brasil onde as pessoas não tem dinheiro nem para comprar comida e nem gás para cozinhar.Viva o Brasil das ilusões.

  • recifetiburon
    Responder noviembre 7, 2018 at 5:46 pm

    Ameaçar de que Brasil um país fraco em comparação com a China é a formiga contra o elefante😂😂😂😂😂😂

  • Adelio Araujo
    Responder noviembre 7, 2018 at 6:41 pm

    Brasil ,USA e Israel juntos e Deus acima de todos.

  • Odilon Xavier
    Responder noviembre 7, 2018 at 6:51 pm

    Vamos trabalhar e vigiar, vamos ser como um soldado que esta vigiando nosso Brasil noite e dia.

  • Odilon Xavier
    Responder noviembre 7, 2018 at 7:07 pm

    Povo brasileiro, vamos trabalhar para ajudar o nosso Presidente, e não só esperar que ele e seus auxiliares trabalhem por nós, saimos do pt. esquesse pt. agora estamos vivendo uma nova Contituição, uma nova era, sem choro e sem reclamação e com a alta estima elevada, só assim vamos ser o Brasil que as pessoas de bem querem.

  • Odilon Xavier
    Responder noviembre 7, 2018 at 7:15 pm

    Deixa a China vir a nós Brasileiros, e não nós irmos a eles, vamos aguardar, sem fofoca.

  • Joel Gomed
    Responder noviembre 7, 2018 at 8:02 pm

    China comunista fora. Brasil na Otan e nossa soberania acima de tudo…

  • Helio Souza
    Responder noviembre 7, 2018 at 9:00 pm

    Saquiadora das riquezas do nosso Brasil !!!!!!!!!!✌✌✌✌✌✌

  • Helio Souza
    Responder noviembre 7, 2018 at 9:47 pm

    Glória Deus!!!

  • Loelce Locatelli
    Responder noviembre 7, 2018 at 10:15 pm

    Não esqueçam que a China é o destino de nossas maiores exportações de suínos, bovinos frango, soja e minério de ferro. Se não negociar muitas empresas brasileiras fecharão as portas e aí adeus empregos, tem que negociar com todos e tirar proveito crescer comercialmente ser autosuficiente e esquecer os velhos ransos.

  • Marco Cobra
    Responder noviembre 7, 2018 at 10:27 pm

    INGRESSARRRRRRRRRRRRRRR !!!!!!!!!!!!!!!! PELO AMOR DE DEUS !!!!!!!!!!!
    TODO VERBO INFINITIVO, TERMINA EM "ERRE" !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    ANDAR-FALAR-FAZER-ORAR-DECLARAR- OUVIR-DIZER ETC,ETC,ETC !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Djalma José Queiroz
    Responder noviembre 7, 2018 at 11:20 pm

    China é o país que mais comercializa com os EUA e segundo Brasil . Não tem essa de comunismo, se perder o mercado da Choina o agro negócio vai ter que enfiar tudo no cutuvelo.Se cortar relações com a Venezuela que o Brasil vende 800milhões de dólares por ano e compra toda a energia de roraima o estado vai ficar as escuras. Parem de serem tontos

  • Ali Babá
    Responder noviembre 8, 2018 at 12:03 am

    Fora Chineses comedores de cachorro .

  • Leonardo M.
    Responder noviembre 8, 2018 at 12:45 am

    Viajou, hein?! PQP!!!!!

  • Alex Oliveira
    Responder noviembre 8, 2018 at 1:02 am

    O Brasil não consegue nem combater as filas dos hospitais
    do país,
    Agora fica puxando intrigas com uma super potência Militar como a China vai tomar borracha.

  • Nelson Vlainich
    Responder noviembre 8, 2018 at 1:20 am

    NÃO PODEMOS VENDER NOSSO PAIS. A CHINA SEQUISER COMPRAR DO BRASIL OK, CASO CONTRARIO TEMOS OUTROS MERCADOS INEXPLORADOS A CONQUISTAR. CHEGA DE COMUNISMO NA AMRICA LATRINA!

  • Cecília Alves
    Responder noviembre 8, 2018 at 1:35 am

    E idiotaonaro segue fazendo inimigos. kkklk

Leave a Comment

A %d blogueros les gusta esto: